A comunidade está em modo académico (2º Semestre) Ler +

O Batismo:

«A Igreja é o grande sacramento da comunhão divina que reúne os filhos de Deus dispersos» (CIC 1108). 66164552 1208399616030765 345802802141855744 n É ela, Mãe e Mestra, que no seu ventre, a piscina batismal, faz-nos nascer da água e do Espírito para a vida nova em Cristo, faz-nos filhos no Filho (Gl 4,5-7), faz-nos participantes do Reino (Jo 3,5) e herdeiros da vida eterna (Rom 8,15-17).

O Batismo nasce da missão de evangelizar, é preparado pela Palavra de Deus e pela fé e é assentimento à dita Palavra (CIC 1122). A “travessia” da água da piscina batismal representa a configuração com a morte de Cristo (Rom 6,3-4), a purificação do pecado (1 Cor 6,11), um “novo nascimento” (cf. Jo 3,5; Tit 3,5; 1 Pe 1,3.23; Justino, Apol, I, 66,1) para uma “vida nova” (Rom 6,6), a qual já não está escrava do pecado e da antiga lei, mas é santificada, porque participa do mistério pascal da vida trinitária (1 Cor 6,11), e a incorporação num novo corpo (1 Cor 12,13). O Batismo perdoa todos os pecados e santifica; por isso, também cura o Homem. O Batismo incorpora o Homem no corpo místico de Cristo (Act 2,38-41), que é a Igreja; por isso, o faz cristão e é o «pórtico da vida no Espírito e a porta que abre a outros sacramentos» (CIC 1213).