A comunidade está em modo académico (2º Semestre) Ler +

Apresentação do Senhor (A)

ILUMINADOS, IRRADIEMOSAPRESENTATIO

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparação
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. Leitura
Leio pausadamente o Evangelho Lc 2, 22-40.
- Procuro compreender o texto através dos elementos presentes (lugar, personagens, gestos e ditos).
- Alcanço a mensagem, hoje para mim. O que me diz, o que me faz sentir?
- Sublinho o importante; fixo o essencial. Esta Palavra é-me dirigida.

2. Meditação
Este Evangelho lembra a festa judaica onde o primogénito de cada família devia ser apresentado a Deus, em memória da libertação da escravidão do Egito. Para nós, ficou também como festa da “Senhora das Candeias” pois, nela, Jesus revela-se como Luz para todos os povos. O velho Simeão e a profetisa Ana personificam a gente simples capaz de reconhecer e louvar o salvador, porque O esperam e por serem dóceis ao Espírito Santo. Ao recordar tal facto, o evangelista Lucas apresenta-me o Salvador, desafiando-me a acolhê-l’O como tal na minha vida.

3. Oração com Deus
Senhor, esta tua festa suscita em mim a consciência que, todos os dias, me devo apresentar a Ti, com tudo o que sou e faço. Não tanto como quem presta contas, mas como quem confia em Ti, pedindo a tua bênção e graça para cada jornada. Lembrado dessa necessidade diária, discernirei melhor se os meus projetos e espectativas correspondem à tua vontade. Também os meus medos e dúvidas sairão relativizados e esclarecidos, expostos diante de Ti. Dá-me a graça de começar assim cada dia.
Reconheço que, muitas vezes, vivo a existência como se tudo dependesse de mim: decido, faço, enfrento para, no fim, lamentar sozinho. O segredo é, como o velho Simeão, esperar e confiar em Ti. Peço-Te a graça de me deixar guiar pelo teu Santo Espírito. Que Ele revele a tua presença nos meus caminhos e inspire, em cada desafio, coragem e fé. Envia sobre mim o teu Espírito.
Vivendo dessa intimidade, imitando Ana e Simeão, saberei reconhecer e alegrar-me com os sinais da tua ação: na minha vida, nos outros, nos acontecimentos, na criação… Seja o meu quotidiano, Senhor, expressão contínua de gratidão.

4. Contemplação
Diante de Ti, Senhor, apresento-me e abandono-me nas tuas mãos. Louvo e agradeço. Sei que, dispondo-me à tua vontade, nos momentos difíceis não experimentarei a solidão. Saboreio a Luz que és para mim, pela fé e na esperança. Inspira-me o que esperas e mereces de mim e qual a resposta que mereces.
Em Ti confio. Contemplo e adoro.
Apoiado em Ti, ouso comprometer-me em algo oportuno e alcançável, crescendo na minha relação diária conTigo e com os outros.

UM PENSAMENTO
“O homem que desperta reflete a luz de Deus pelo amor que dedica a seu irmão.” (Carlos Mesters)

PROVOCAÇÕES
- Deixo-me guiar pelo Espírito Santo (como o velho Simeão)?
- No meu quotidiano, como sou reflexo da luz salvífica de Deus para os outros?
- A minha vida é suficientemente “sinal de contradição” face aos valores reinantes?

UM PROPÓSITO
Pedir ao Espírito Santo a graça de reconhecer e agradecer a sua presença e ação.

UMA ORAÇÃO-POEMA

No entardecer da vida, Simeão reluziu,
Vendo e cantando a Luz que o encantou.
Recebendo-a em braços, Ana irradiou
De coração fecundo e noiva de alegria.
De escuta e espera os guiou o Espírito:
Ei-los, frutos maduros prontos a colher.

No entardecer de cada dia, possa eu
Senhor, ver tua Luz, em mim refletida
Entre mil outras, amada e discernida
E viver o Encontro em cada encontro
Até ser chama conTigo e para outros.
Enquanto não, incubarei nela o desejo.

UMA CANÇÃO
Jesus Culture – Light of your face