XXI Domingo Comum (B)

LIVRE PARA RECOMEÇAR21 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Jo 6, 60-69.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
A pregação de Jesus escandaliza. A multidão reage mal e leva ao abandono de muitos discípulos. Jesus questiona os Doze sobre a sua opção. Pedro responde e professa a fé.

Continuar a ler

Assunção de Maria (B)

ELEVAÇÃO, PASSO A PASSOASSUNCAO B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Lc 1,39-56.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Esta passagem escreve-se no feminino: após a Anunciação, Maria decide visitar sua parente isabel. Ambas fazem do encontro um louvor às maravilhas que Deus realiza.

Continuar a ler

XIX Domingo comum (B)

O QUE O AMOR DÁ19 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Jo 6, 41-51.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Ao dizer-se “pão vivo”, Jesus provoca o murmúrio dos judeus que não O entendem. Só a fé o permite. Esse pão é a sua vida entregue na cruz para nos dar vida plena.

Continuar a ler

XVIII Domingo Comum (B)

FOME DE VIDA MAIOR18 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Jo 6, 24-35.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Após a multiplicação, Jesus indica outra fome que dispensa milagres. A sua real missão é ser “pão da vida” para todos. Este recebe-se pela fé que plenifica a existência.

Continuar a ler

XVII Domingo comum (B)

AMOR REPARTIDO17 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Jo 6, 1-15.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
É preciso pão para a multidão. A iniciativa é de Jesus: envolve os discípulos na busca da solução. É a partilha humilde, mas generosa, que permite o consequente milagre.

Continuar a ler

XVI Domingo Comum (B)

UM OLHAR QUE AMA16 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 6,30-34.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Os discípulos voltam da missão. Jesus convida-os ao merecido descanso. Mas diante da multidão, tida por “ovelhas sem pastor”, o olhar compassivo de Jesus prioriza o amor.

Continuar a ler

Ordenação presbiteral de João Miguel Pereira

Ordenacao pJoaoPereira 3

No passado dia 4 do corrente mês, a comunidade do Seminário Interdiocesano rejubilou de alegria com a Ordenação presbiteral do diácono João Miguel Pereira, na catedral de Lamego.

Nesta celebração, em que o Povo de Deus e os formadores responsáveis apresentam o candidato a presbítero e, pela imposição da mão por parte do Bispo, o diácono se torna sacerdote do Altíssimo, D. António Couto, Bispo de Lamego, exortou os presentes a olhar para os outros com carinho e ternura, à semelhança de Deus, que Se fez nosso irmão em Jesus Cristo.

Continuar a ler

Mais artigos...