Lectio Divina

Deve recordar-se que «ignorar as Escrituras é ignorar Cristo». No processo de amadurecimento espiritual, um lugar eminente está reservado à relação com a Palavra de Deus, que antesde tornar-se pregação deve ser acolhidaprofundamente no coração, «sobretudo no contexto da “nova evangelização”, a qual a Igreja hoje é chamada». Ela é uma referência contínua para a vida do discipulado e da configuração espiritual a Cristo Bom Pastor. Os seminaristas precisam ser introduzidos gradualmente no conhecimento da Palavra de Deus, atravésdo método da Lectio Divina. Uma meditação quotidiana e profunda, praticada com fidelidade e diligência, na qual convirja também uma fecunda reciprocidade entre estudo e oração, poderá garantir-lhes uma abordagem integral seja ao Antigo como ao Novo Testamento. (RF, 103)

XII Domingo Comum (B)

A OUTRA MARGEM DE MIM12 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 4,35-41.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
A travessia do lago, a pedido de Jesus, não é pacífica. Os discípulos, dominados pelo medo, reclamam de Jesus. Ele, desperto, acalma a tormenta e questiona a sua fé.

Continuar a ler

XI Domingo Comum (B)

DEUS AMADURECE (EM MIM)Copia de 11 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 4, 26-34.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Em parábolas, Jesus fala do Reino de Deus. Este não depende tanto da obra humana mas da divina. Cresce na discrição de pequenos sinais, mas seus frutos são evidentes.

Continuar a ler

X Domingo Comum (B)

QUEM SAI AO SEU…DEUS10 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 3, 20-35.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
A atuação de Jesus atrai a incompreensão de familiares que O julgam “fora de si” e a hostilidade de escribas que O acusam de estar possesso. Negar Jesus é recusar Deus. Segui-l’O é aparentar-se com Ele.

Continuar a ler

Domingo da Santíssima Trindade(B)

DEUS COMO ABRAÇOSANTISSIMA TRINDADE B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mt 28, 16-20.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Jesus convoca os discípulos para a Galileia e comunica-lhes a sua autoridade e missão. É omitida a despedida e ascensão, sublinhando-se a promessa de que Jesus seguirá junto deles.

Continuar a ler

Domingo de Pentecostes (B)

O FIEL MENTOR8 PENTECOSTES B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Jo 15,26-27; 16,12-15.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Jesus apresenta o Espírito Santo. Após a ressurreição, elucidará os apóstolos sobre o sentido profundo da missão de Jesus. Será o “Paráclito” da Igreja, isto é, seu defensor, consolador e intérprete.

Continuar a ler

Domingo da Ascensão (B)

IR + ANUNCIAR + SER = CRISTÃO7 ASCENSAO B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 16,15-20.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
No momento da sua Ascensão, Jesus confia aos seus discípulos a universalidade do anúncio da Boa Nova. Mas não os deixa sós: a sua nova presença revela-se nos sinais que acompanham a evangelização.

Continuar a ler

VI Domingo da Páscoa (B)

TESTAMENTO VITAL6 PASCOA B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Jo 15, 9-17.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Jesus revela que o amor com que nos ama brota do Pai. “Guardar os mandamentos” é aprender d’Ele a viver essa dinâmica de amor. Esta é fonte de alegria e experiência de amizade. Este “testamento” de Jesus é, para nós, missão e identidade.

Continuar a ler

Mais artigos...