XXVI Domingo Comum (B)

O BEM POR CENTRO26 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 9, 38-43.45.47-48.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Os discípulos proíbem um “estranho” de fazer o bem. Para Jesus, o bem jamais é monopólio de alguém e alerta-os para o perigo das suas atitudes escandalizarem outros.

Continuar a ler

«Sermão para quem adormece na igreja»

Jonathan Swift, Sermão para quem adormece na igreja, Lisboa: Universidade Católica Editora, 2017.   

Uma passagem insólita do Livro dos Actos dos Apóstolos (Act 20, 9) é o mote para um sermão carregado de ironia e criatividade onde, apesar da simplicidade da linguagem, encontramos uma grande densidade de significados. Jonathan Swift (1667-1745), autor da conhecida obra de ficção "As Viagens de Gulliver", dirige este sermão diretamente ao ouvido de cada cristão. É que “desde o seu púlpito, um pregador não poderá olhar em redor sem deixar de observar aqueles que ali estão”.

Continuar a ler

XXV Domingo Comum (B)

A GRANDEZA DE SERVIR25 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 9, 30-37.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
De novo, Jesus anuncia a sua morte e ressurreição. Iludindo o drama, os apóstolos preferem discutir sobre qual deles é o maior. Pacientemente, Jesus instrói-os.

Continuar a ler

Ó Trindade que eu adoro! O mistério de Deus revelado por Jesus

TrindadeQEuAdoroCom este livro, de 139 páginas, editado em português pela Paulus, Guido Marini propõe-nos a aventura da descoberta do rosto de cada uma das Pessoas da Santíssima Trindade. O seu ponte de partida é a contemplação analítica do ícone "A Trindade" escrito por Andrei Rublev, como janela aberta sobre o mistério de Deus Trindade.

Continuar a ler

XXIV Domingo Comum (B)

RESPOSTA VITAL24 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 8, 27-35.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Jesus sonda seus discípulos sobre a sua identidade. Aproveita também para anunciar a sua paixão, morte e ressurreição, repreendendo Pedro que rejeita essa possibilidade.

Continuar a ler

XXIII Domingo Comum (B)

CORAÇÃO EM ALTA-VOZ23 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 7,31-37.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Em território pagão, é apresentado a Jesus um surdo-mudo. Tomando-o à parte e mediante vários gestos, liberta-o do seu mal, provocando a admiração de todos.

Continuar a ler

XXII Domingo Comum (B)

ESCUTA INTERIOR22 COMUM B

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Mc 7,1-8.14-15.21-23.
- Sublinho e anoto o mais significativo.
Os escribas e fariseus prezam os ritos exteriores. Jesus prefere afirmar a prioridade da purificação interior e denuncia a sua impureza de coração, fonte das más ações.

Continuar a ler

Mais artigos...