Tertúlia "Ao Encontro de Rublêv - A Trindade no ícone da hospitalidade de Abraão"

aoencontrorublev
aoencontrorublev
aoencontrorublev
aoencontrorublev
aoencontrorublev
aoencontrorublev
aoencontrorublev

Na passada quinta-feira, dia 5 de maio, decorreu no nosso Seminário Interdiocesano uma tertúlia intitulada: “Ao encontro de Rublëv – A Trindade no ícone da hospitalidade de Abraão”. Diante do ícone da Santíssima Trindade, que preside ao espaço litúrgico da Capela de S. José, o nosso convidado, o seminarista Tiago Fonseca, do 5º ano, ajudou-nos a aprofundar o sentido teológico e espiritual da representação iconográfica da Trindade.

Ao modo de introdução, o nosso convidado, procurou traçar um breve périplo pela representação da Santíssima Trindade nos primórdios do Cristianismo, remetendo-nos, assim, para as catacumbas de Roma e para algumas Basílicas e Catedrais, de venerável antiguidade, onde podemos admirar representações simples e simbólicas, de rara beleza, relativas à Santíssima Trindade, que, na sua generalidade tomam como evento fundante a hospitalidade de Abraão, narrado no livro do Génesis.
Apresentada a destrinça entre representação direta e indireta da Trindade, entre a opção por uma representação de pendor cristológico e a opção pela representação trinitária (escola helénica), detivemos, brevemente, a nossa atenção em alguns dos traços biográficos de Andrei Rublёv (1360 – 1430), o autor daquela que é, talvez, a mais conhecida representação iconográfica de Deus Uno e Trino, e considerada pela ortodoxia como a representação “canónica” da Santíssima Trindade.
Por fim, o Tiago Fonseca apresentou-nos uma leitura simbólica e uma riquíssima interpretação do ícone de Rublëv, levando-nos, assim, à contemplação dos detalhes do ícone, particularmente, às figuras representadas, à combinação das cores e das formas, do simbolismo intrínseco da representação iconográfica.
Ao Tiago Fonseca, o nosso sincero agradecimento pela “visita guiada” que nos proporcionou ao ícone de Rublëv, permitindo-nos, assim, em pleno tempo pascal, imergir no mistério de Deus Uno e Trino, no mistério da Trindade.

  • Visualizações: 78