XXXIV Domingo comum - Cristo Rei (C)

REINAR PELO AMOR34 COMUM C

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparo-me
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. O que diz o texto
- Leio pausadamente Lc 23, 35-43.
- Sublinho e anoto o mais significativo.

No Calvário, Jesus está crucificado. À sua volta, uns observam; outros insultam e provocam; outro suplica. Só a este último Jesus presta atenção e promete o paraíso.

2. O que me diz Deus
- Que pensamentos e sentimentos despertam em mim as palavras de Jesus?
Jesus, o Messias salvador, o Rei, surge sem glória nem poder. Na cruz, parece vencido, fracassado. À sua volta, o povo que outrora o procurava e aclamava, mantém-se agora à distância. Os chefes dos judeus, os soldados e um condenado escarnecem-n’O. Só outro crucificado é que O reconhece como rei. A realeza de Jesus é surpreendente e paradoxal: a grandeza da sua realeza não se encontra na força, mas no amor, capaz de restaurar a humanidade. Para Jesus, a missão não é “salvar-se a si mesmo” mas a mim.

3. O que digo a Deus
- Partindo do que senti, dirijo-me a Deus, orando (de preferência com palavras minhas).
Senhor, preferiste não responder às provocações. Não por covardia, antes lucidez e escolha deliberada em não deixares que o mal contaminasse o teu coração. Quantas vezes deixo que o erro dos outros me afete interiormente!? Quanto tempo e energias gasto em remoer uma palavra ou atitude alheia que interpretei como ofensivas!? Que me adianta ter razão se, no final, perco a paz? Ensina-me a liberdade do perdão!
Dá-me a lucidez do “bom ladrão” que, mesmo na agonia, reconhece em Ti o Salvador. Só a oportunidade do bem e do amor merecem a minha atenção. Permite-me que nenhum “hoje” seja desperdiçado, pois é em cada dia que me queres conTigo. Queres-me livre para o bem necessário. E há tanto para fazer!
É esse o teu reinado: não interpor nenhuma desculpa ou razão à urgência do Amor.

4. O que a Palavra faz em mim
- Contemplo Deus, saboreando e agradecendo.
Senhor, és o meu Rei. Guia-me, hoje e cada dia, e reina em cada caminho meu. Assim Te louvo, contemplo e adoro.
Inspira-me o que esperas e mereces de mim. Apoiado em Ti, comprometo-me em algo oportuno e alcançável, crescendo na minha relação diária conTigo e com os outros.

PROVOCAÇÕES
- Que sentimentos, pensamentos, compromissos “reinam” em mim?
- Que resposta dou ao mal?
- Em que âmbitos da minha vida preciso que a Palavra e o Amor de Deus reinem em mim?

UM PENSAMENTO
“Vou ajudar-Te, meu Deus, a não Te apagares em mim.” (Etty Hillesum)

UM DESAFIO
Pedir ao Espírito Santo a graça de ter os sentimentos de Cristo em todas as ocasiões.

UMA ORAÇÃO-POEMA

“Salva-te a ti mesmo e a nós também!”
Pede quem nunca acreditou nem vê
que, a seu lado, na cruz, reina o Amor.
Só morre quem desespera do bem.

“Lembra-te de mim”, pede quem crê
que, além da agonia, a vida perdura.
A cruz, tomada por trono e coroa,
entrelaça rosas floridas entre espinhos.

“Hoje estarás comigo”, promete o Amor
que nada adia para o amanhã que tarda.
A eternidade começa hoje, sem demoras
porque, em mim, Teu amor quer reinar.

UMA CANÇÃO
Jesus Culture ft. Derek Johnson – Power in the cross

Podcast:

  • Visualizações: 171