Reconciliação:

Também chamado sacramento da conversão, nasce do apelo de Jesus à conversão e do esforço do pecador arrependido em tornar à casa do Pai (CIC 1423).65986552 1208417122695681 1252567623502135296 n

A conversão (contrição e propósito de uma vida nova) exprime-se mediante a confissão feita à Igreja e a remissão dos pecados obtém-se por meio da Igreja, remissão esta que é, ao mesmo tempo, reconciliação com Deus e com a Igreja (CELAM, 226). No Batismo os cristãos tornam-se «santos e imaculados» (Ef 1,4). No entanto, a vida nova com ele recebida não suprime a debilidade e a fraqueza da natureza humana, nem a inclinação para o pecado (CIC 1426). Todavia, o apelo de Cristo à conversão em vista da santidade e da vida eterna não cessa. Assim, ao fiel pecador, a Igreja espelhando a misericórdia de Cristo, concede-lhe, em nome do Senhor, o perdão, convidando-o, auxiliado pelo Espírito do Senhor, a um caminho de contrição e penitência, em vista da cura das suas debilidades, do fortalecimento contra a repetição do erro e de uma restauração da paz e da tranquilidade da consciência, bem como uma reconciliação plena com Deus e com a Igreja. Ele restitui a dignidade e os bens próprios da vida dos filhos de Deus. Por isso, restitui ao fiel, com propriedade, o nome de cristão.

VII Domingo do Tempo Comum (A)

APERFEIÇOADOS PELO AMOR7 comum

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparação
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. Leitura
Leio pausadamente o Evangelho Mt 5, 38-48.
- Procuro compreender o texto. Recordo os versículos anteriores (ver o passado domingo) pois formam uma unidade com a passagem de hoje.
- Alcanço a mensagem, hoje para mim. O que me diz, o que me faz sentir?
- Sublinho o importante; fixo o essencial. Esta Palavra é-me dirigida.

Continuar a ler

VI Domingo do Tempo Comum (A)

O OUTRO, LUGAR DE CULTO A DEUS6 COMUM

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparação
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. Leitura
Leio pausadamente o Evangelho Mt 5, 17-37.
- Procuro compreender o texto. A quem fala Jesus? O que diz Ele? Em que contexto? Recorro aos versículos anteriores.
- Alcanço a mensagem, hoje para mim. O que me diz, o que me faz sentir?
- Sublinho o importante; fixo o essencial. Esta Palavra é-me dirigida.

Continuar a ler

Neste dia aconteceu

 - 660 A.C.: É fundado o império do Japão

- 1270: Nasce a Rainha Santa Isabel (750 anos)

- 1650: Morre René Descartes, filósofo, físico e matemático

- 1847: Nasce Thomas Edison, inventor

- 1858: Aparição da Virgem Santíssima à jovem Bernardete, em Lourdes

- 1865: É fundada a Cruz Vermelha Portuguesa

- 1929: É assinado o Tratado de Latrão (entre a Santa Sé e a República Italiana) que estabelece a criação do Estado da Cidade do Vaticano

- 1990: Libertação de Nelson Mandela

- 2013: Bento XVI anuncia a sua resignação

 

A viagem - C S Lewis, 1945

No fim de contas, só há dois tipos de pA Viagemessoas: aquelas que dizem a Deus «faça-se a Vossa vontade», e aquelas a quem Deus acaba por dizer «faça-se a vossa vontade».

(in LEWIS, C. S., A Viagem)

Continuar a ler

V Domingo do Tempo Comum (A)

SER TEMPERO DE DEUS5 COMUM A

LECTIO DIVINA – Um Roteiro

0. Preparação
Procuro um lugar adequado e uma boa posição corporal. Respiro lenta e suavemente.
Silencio os pensamentos. Tomo consciência da presença de Deus, invocando o Espírito Santo.

1. Leitura
Leio pausadamente o Evangelho Mt 5, 13-16.
- Procuro compreender o texto. A quem fala Jesus? O que diz Ele? Em que contexto? Recorro aos versículos anteriores.
- Alcanço a mensagem, hoje para mim. O que me diz, o que me faz sentir?
- Sublinho o importante; fixo o essencial. Esta Palavra é-me dirigida.

Continuar a ler